quarta-feira, 16 de maio de 2012

Quita-feira da espiga


 Acrílico s/ tela de algodão

Amanhã é Quinta-feira da Ascensão e manda a tradição que se “vá à espiga”.
Em vários locais do país colhem-se habitualmente três espigas de trigo, cevada ou centeio; três malmequeres amarelos e brancos; três papoilas; mais um raminho de oliveira em flor; um esgalho de videira com o cacho em formação; um pé de alecrim ou de rosmaninho florido.

As espigas significam fartura de pão; os malmequeres, riqueza, ouro e prata; as papoilas, amor e vida; a oliveira, azeite e paz; a videira, vinho e alegria; o alecrim ou o rosmaninho, saúde e força. Guardado em casa, o rosmaninho da espiga não deve ser perturbado na sua quietude, sendo substituído apenas no ano seguinte por outro igual mas mais viçoso.
O ramo da espiga coloca-se do lado de dentro da porta da rua para dar sorte o ano inteiro.

Sem comentários:

Publicar um comentário