terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Em Sevilha a desenhar 'vinhetas' de passeio

 
Desenhar e rever os meus amigos de Sevilha é sempre um prazer. A manhã de sábado estava fria mas cheia de sol e lá fomos nós tentar cumprir o programa de Jose Maria Lerdo com alguns cafés para aquecer entre gargalhadas e desenhos. Em dois minutos enchemos a mesa de canetas, tinteiros, aparos, papéis, cadernos, aguarelas, a partilha dos desenhos, de alguma caneta nova e principalmente da amizade que nos une já há alguns anos. Começamos com muita conversa, muita gargalhada, muita troca de vivências desenhadas e das novidades, depois cai o silêncio e todos mergulhamos no desenho por algum tempo. Mas este grupo não é de grandes silêncios e há sempre um que diz um disparate e provoca mais uns momentos divertidos.



À hora marcada antes do almoço lá nos encontrámos para a fotografia de grupo .... em que nunca estivemos todos juntos e seguimos para almoçar e desenhar toda a tarde.
 
 Sevilha estava cheia de gente como eu nunca tinha visto entre a multidão surgiu uma procissão que consegui registar num apontamento rápido. A tarde continuou até ficar de noite e os desenhos continuaram.
 
 Como estamos em Dezembro a animação de rua para as crianças e as decorações de Natal são um elemento diferente na paisagem urbana.

Ao final do dia e já sem luz natural e o frio a começar resguardámo-nos num bar para prolongarmos mais um pouco o convívio.


Sempre uma alefria com Inma Serrano...


No dia seguinte e como ainda ficávamos por lá combinou-se mais uma manhã desta vez no Centro Andaluz de Arte Contemporêneo:
 Um fim de semana cheio de sol e de amigos.

Sem comentários:

Publicar um comentário